sábado, 29 de novembro de 2008

MICHAEL BUBLÉ

Michael Steven Bublé é um cantor e ator canadense. Que faz um Jazz com influências pop que é muito gostoso de ouvir. Do tipo “pra dançar agarradinho”, ou dançar pela casa.

Ele já recebeu dentre outros apelidos o de “Novo Sinatra”. Não é para tanto. Mais que o cara tem um talento e um feeling diferenciado, isso ele tem.

No Brasil ele já é bastante conhecido, é só da uma olhada no Orkut e conferir, existem muitas comunidades destinadas a ele.

Michael já ganhou um Grammy e vários Juno Awards. Já colocou seus álbuns no TOP 10 de vários países, e também já figurou em primeiro no Billboard 200.

Esteve recentemente no Brasil e até se apresentou no Faustão, recebendo elogios rasgados do apresentador pela sua postura e de sua equipe. Deu um show de música, bom humor e simpatia.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

1-Confesso que descobri o som do cara recentemente, mesmo conhecendo seus hits, não conhecia sua obra inteira.

2-Gosto do seu estilo de cantar e interpretar as canções. Transmite um sentimento que poucos cantores conseguem.

3-Recomendo. Quem gosta de música de qualidade, não pode deixar Michael Bublé de fora de sua discografia.

4-No meu mp4 ele já tem pasta garantida.



quinta-feira, 27 de novembro de 2008

COMENTEM!!

É sempre bom ouvir comentários sobre nossos posts. Seja concordando ou discordando.
Então sempre que puder, comenta. Isso funciona como um termomêtro do blog. Comentando saberemos se agradamos ou não.

Entre, leia e principalmente COMENTE!!!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Não concordo!!

Não gostei nada dessa noticia, quando ouvi pela primeira vez. Bandas lendárias que acabam não deveriam voltar. Principalmente se o símbolo da banda estiver morto.

Já imaginaram a volta do Nirvana sem o Kurt Cobain? Ou o Gun’s and Roses sem o Axl?

Impossível imaginar essas bandas sem seus vocalistas.

O Iron maiden até tentou emplacar outro vocalista quando Bruce Dickinson saiu por um tempo. Não deu certo, acabaram que voltaram com a formação de antes.

O Sepultura também tentou emplacar com o Dereck, após a saída de Max Cavalera. Alguns até gostaram, mais deixou de ser o Sepultura e passou a ser outra banda, com outra cara, outro estilo. Agora com a saída do Igor Cavalera é que ela só parece mesmo a “banda do Andreas Kisser”

Em minha opinião a única banda que perdeu o vocalista e acertou foi o Barão Vermelho. Que ganhou mais que perdeu com a saída do mimado Cazuza. Frejat conseguiu como ninguém conduzir a banda durante esse tempo todo.

Paul Rodgers até que é um bom cantor, mais não para uma banda que contava em seus vocais e principalmente em suas composições com uma figura do porte de Freddie Mercury.

Freddie Mercury esse nome tem história e merecia ser respeitado.

Lamento e lamento muito pelos velhinhos que estão querendo dinheiro nas custas de uma banda que construíram com tanto trabalho, talento e prazer. Banda essa que agora não passa de um “caça trocados”, para esses gananciosos. LAMENTO!

------------------------------------------------------------------------------------------------------

1- Pink Floyd fez. The Police fez. E o Led também quer fazer. Oras! Manchar o nome dessas dinvindades do rock por dinheiro, para mim é demais.

2- Bandas clássicas NÃO deveriam ter uma “releitura”. Fica o sabor e a nostalgia de um tempo bom, que pode ser apagado com uma volta desastrosa.

3- Essa é somente minha opinião.


EU VOLTEI!!!!


Depois de muito trabalho de faculdade e algumas noites sem dormir, estou de volta!

Ah, a imagem não é nada demais, é meramente ilustrativa.
Claro que não é. Paixão igual não tem. HEXA é luxo!


sexta-feira, 14 de novembro de 2008

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Charles Gavin - 300 discos importantes da musica brasileira


Acaba de sair do forno o disco do baterista dos Titãs e dono de um acervo grandioso de vinil, Charles Gavin. O livro leva em consideração tudo que foi produzido no Brasil de 1927 até 2007, para fazer sua lista de 300 obras. Esse livro já vem sendo feito por Gavin já tem algum tempo e chegou para marcar época. O livro conta com a ajuda de Tárik de Souza, Carlos Calado e Arthur Dapieve.

Vale a pena conferir.







1- O primeiro e único contra desse livro é o preço R$ 230,00 na livraria Cultura.

2- O livro vem com as medidas exatas de um vinil. Uma capa bonita e bastante interessante pelo seu formato.



terça-feira, 11 de novembro de 2008

Aviso!



Eu não me esqueci de você meu leitor. São 3 dias sem post.
É que final de semestre é sempre assim, uma correria dos diabos e mil trabalhos para fazer...fora o emprego, noiva, casa, e outras coisas para dar conta.
Estou a mil por hora, sempre pensando que não vou conseguir resolver tudo.
Mas logo estarei aqui postando minhas loucuras.

A banda Nostalgi-k, da qual eu faço parte, parece que enfim arranjou outro tecladista e estamos para voltar com força total aos ensaios.
Pelo menos uma notícia boa nesse caos que estou vivendo.

Abraços e até breve.

Ainda essa semana PROMETO, dois post novos para vocês.

sábado, 8 de novembro de 2008

COLD CASE



Cold Case (Casos Arquivados em Portugal, Arquivo Morto no Brasil) é uma série dramática norte americana sobre uma divisão policial que se especializa na investigação de crimes não resolvidos. A série decorre na cidade de Filadélfia e Pensilvânia.


Além de ser uma ótima série, o que mais me encanta é a sua trilha sonora. São clássicos que vão de U2 a Bob Dylan, resvalando em Oásis e Duran Duran. As músicas aparecem de acordo com a época que os crimes aconteceram. Cada episódio faz um apanhado do que tocava de melhor na época dos crimes. O final dos episódios, quando são desvendados os crimes, são quase sempre emocionantes, formado pelo tripé música+cenas emocionantes+sentimento.

A série é uma das poucas que não saíram em DVD, pelo fato das músicas não terem sido liberadas pelos artistas ou gravadoras. Mas não é difícil de achar uma trilha sonora feita pelos fãs, organizadas por episódios e até mesmo por temporadas. É só procurar.

Eu sou espectador assíduo da série, e abaixo fiz minha lista das músicas mais interessantes que já foram tocadas nos episódios da série. Músicas muito boas, que falam por si. Segue abaixo uma lista das 20 melhores músicas da série, mas que poderia facilmente ser transformada para 40.



TOP 20


Bizarre Love Triangle – New Order

Like a roling stone – Bob Dylan

My girl – The Temptastions

The Logical Song – Supertramp

.Straight From The Heart - Bryan Adams

Follow You Follow Me – Gênesis

Have You Ever Seen The Rain – CCR

All Through The Night - Cyndi Lauper
Maniac - Michael Sembello
Dont Look Back In Anger – Oásis

Everybody Wants To Rule The World - Tears For Fears

True - Spandau Ballet

Ordinary World - Duran Duran

Lovesong - The Cure

Eternal Flame – Bangles

Baby I Love Your Way - Peter Frampton

Send Me An Angel – Scorpions

I Say A Little Prayer - Aretha Franklin

Dream On – Aerosmith

Only Time Will Tell – Ásia


Mais informações sobre a série aqui

---------------------------------------------------------------------------------------------

1- A série é muito boa, mais não sei se faria o mesmo sucesso sem a trilha sonora.
2- A série passa no SBT aos domingos ( 0:00) e quintas- reprises de temporadas anteriores ( 01:00)
3- Se baixar as músicas da série, não vão se arrepender.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

The Wonder - O sonho não acabou



The Wonders – O sonho não acabou


Foi um filme, produzido, escrito e dirigido pelo ator Tom Hanks, que também atua no filme. O filme conta uma história de uma banda quem em meados da década de 60, estoura em todo o país com um sucesso, That thing you do. Como várias bandas que surgem para o estrelato do dia para a noite, os Wonders também acabam da mesma maneira como surgiram, com uma rapidez impressionante.


Não sou crítico de cinema, por isso detalhes técnicos do filme não saberei relatar. Falarei da parte musical do filme.


Os atores que formaram a banda no filme tiveram que se reunir semanas antes do início das filmagens para poder ensaiar e parecer uma banda de verdade. Criando um maior entrosamento no palco eles pareceriam mais com um grupo real. Entretanto, na maioria das cenas do filme, eles são dublados por músicos verdadeiros.


That Thing You Do, foi composta em 1996, mesmo ano do filme, por um músico da cidade de Nova York, chamado Adam Schlesinger, especialmente para o filme.


Tem quem garanta que a banda existiu. Há diversas comunidades no Orkut sobre isso.


Mas na verdade a banda foi só uma brincadeira do ator-diretor-produtor-roteirista Tom Hanks,que queria retratar a subida rápida e o declínio de uma banda. Coisa muito comum na década de 60.


O nome da banda é "The Wonders" para fazer uma brincadeira com as bandas chamadas de "one hit wonders". Para quem não sabe, esses grupos normalmente estouram com somente um sucesso e depois desaparecem.

No filme há algumas coisas que remetem aos Beatles, banda da qual Hanks é fã.


A década, o estilo musical, a aparência de Hanks no filme com o produtor dos Beatles Brian Epstein, o nome da gravadora Play-Tone, lembra a Parlopone que foi a primeira gravadora a gravar os Beatles, até citação direta.


No final do filme para tornar as coisas mais reais, aparece o que os músicos estão fazendo no momento, coisa também retirada do documentário "A Hard Day's Night" dos Beatles.



Vídeo da música That Thing You Do:




----------------------------------------------------------------------------------------------------------

1-Eu também acreditei que a banda realmente existiu, quando assisti ao filme em meados da década de 90.


2-Tenho a trilha sonora desse filme, que me espanta pela qualidade das músicas apresentadas.


3-Assisti os Wonders várias vezes, principalmente pelo Intercine.


4-O filme é um bom registro do surgimento, percalços e deslizes de uma banda em começo de carreira, que se deixa enganar pelo sucesso fácil, e por acreditar que nunca deixarão de ser estrelas.


5- A banda NUNCA EXISTIU!



quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Michael Jackson - King of Pop - Brazilian Collection


Comemorando 50 anos em 2008, Michael Jackson lança uma coletânea de músicas intitulada “King of Pop”. Nada de anormal você pode dizer.

Mas o interessante está na forma com que às músicas foram selecionadas para fazer parte do disco.

Cada país (mais de 20 participantes) teve uma votação e nessa votação foi escolhido um “repertório perfeito” para o disco. O nome do disco permanece o mesmo para todos os países, o que muda é somente a relação das músicas.

No Brasil essa votação aconteceu através do canal musical por assinatura da rede Globo, o Multishow. E nessa votação para o King of Pop Brazilian Collection foram “eleitas” 14 músicas, os grandes sucessos como “Bad”, “Thriller” e “Billie Jean” fazem parte da bolachinha.

Não precisa comentar da grandeza e importância do Michael Jackson para a música. Ele é sim o “King of Pop”, e sua música influenciou gerações. E muito menos falar dos assuntos de sua vida pessoal.

Lista das músicas do CD:


  1. Thriller - Feat. Rap By Vincent Price

2. Don´t Stop ´til You Get Enough
3. Billie Jean
4. Black Or White
5. Heal the World
6. Say Say Say - with Paul Mccartney
7. Beat It
8. Rock with You
9. Human Nature
10. Bad
11. You Are Not Alone
12. Will You Be There
13. The Way You Make Me Feel
14. Man in the Mirror
15. Wanna Be Startin´ Somethin´ 2008 - with Akon
16. The Girl Is Mine 2008 - with Will.i.am - Bônus Track



1-Achei muito interessante a forma que escolheram o repertório.

2- Quem nunca dançou as músicas do Michael Jackson e tentou imitar o "moonwalk", aquele movimento de pés que encantou platéias de todo o mundo.

3- Faltou a bela canção “They Don´t Care About Us”, pelo fato do clip ter sido filmado no Brasil, mais precisamente em Salvador. Já que era a Brazilian Collection.

4- Vou afastar os móveis dançar e ver se ainda consigo realizar o "moonwalk".

5- Sim, eu tenho DVD's e CD's do Michael Jackson e curto ele desde novo. Curto mesmo!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

PARABÉNS BARACK OBAMA



Esse merece um post.
Seja lúcido, preciso e inteligente.
O mundo espera isso de você.

Deus me proteja!

Empresa diz que trará Jonas Brothers ao Rio em julho de 2009.


Meu Deus me proteja de todos os males.


Fonte: http://g1.globo.com/

Coisas que eu não entendo


Tem coisas que eu não entendo.

Um foi símbolo da jovem guarda, o outro do tropicalismo. Porque diabos eles foram convidados para fazer a homenagem a Bossa Nova?

João Gilberto está vivo. Porque não fizeram essa homenagem a ele?

Sinceramente não dá para entender.